Entre Deus e o Diabo

Duvidaram, praguejaram, cornetaram, mas caros amigos do Blog EU, RADAMÉS Y PELÉ, sim, o técnico Mano Menezes chegou. O Brasil, com seu Futebol Masculino está na Final Olímpica contra o México, neste sábado, as 11h, horário de Brasília. Está a noventa minutos (se precisar, mais alguns) do Ouro Olímpico. Ou não (como diria Cléber Machado).

Não interessa se Leandro Damião está brilhando mais que Neymar. Não interessa se a defesa é pífia e leva sustos contra times medianos pra fracos. Não interessa a dúvida que paira para escolher o goleiro titular. Agora, cento e tantos milhões, tem um dilema na cabeça: acender uma vela pra Deus ou pro Diabo ?

A metáfora é simples. Por N motivos, Mano Menezes não é, não foi e difícilmente será próximo a uma unanimidade como treinador da Seleção Brasileira. Talvez, até uma cornetagem injusta, visto que o país passa por uma safra ruim de atletas tecnicamente competentes nos últimos seis, oito anos. Não adianta chiar, caros amigos.

Esqueça os grandes craques que driblam, fazem golaços e passes de primeira linhagem. Vivemos uma era onde a tática reina. Ocupar espaços. Jogar sem a bola. Marcar. De vez em quando,  marcar até de um jeito meio truculento. Pragmatismo. Primeiro cansar o adversário e só depois, buscar o gol.

Essas características são bastante opostas a absolutamente tudo que fez a fama do Scratch Canarinho durante décadas, mas é assim que a banda toca desde, mais ou menos 2003 pra 2004, coincidentemente quando se implantaram o sistema de pontos corridos no Brasileirão.

E nestes Brasileirões, até os Campeões (ou quem chegou próximo), está tendo problemas: Muricy Ramalho sofreu com isso. Scolari sofreu com isso. Luxemburgo, veja você, também sofreu com isso. E agora, Mano Menezes sofre com isso (embora tenha um lampejo mais ofensivo durante alguns meses no Corinthians em 2009 impulsionado por Ronaldo) na Seleção Brasileira.

E não deu outra: sobrou pra Mano Menezes. Tire Neymar e Oscar que são talentos raríssimos, o resto é brigador, operário, sem muita habilidade rara como se via num Zico, num Romário ou num Ronaldo Fenômeno. Alguns até fazem seus golzinhos habituais, mas nada de excepcional.

“Burro !” “Técnico amigo de empresário !” “Mané Menezes”, “Esse filha da puta vai perder a Copa do Mundo em 2014”. Estes são alguns dos adjetivos anti-Mano Menezes que você irá ler amanhã em Redes Sociais em caso de derrota brasileira. Não concordo com a maioria deles. Não é culpa do Mano. O contexto e o padrão do Futebol Brasileiro mudou e ninguém é mágico.

E, mesmo sem ser, Mano Menezes desperta amor e ódio nesta manhã de sábado. Pode trazer algo que nenhum dos outros técnicos famosos por um Futebol-Arte conseguiu. Mas será que o núcleo corneteiro da torcida quer MESMO o triunfo de Mano ? O medo de “perder a Copa do Mundo” apaga a vela pra Deus e acende a do Diabo na peleja dos comandantes de “Sir Menezes” contra os mexicanos.

A pergunta que paira na mente é: “vale a pena o ouro ?”, numa falsa esperança de Mano cair em caso de derrota. E, pros vuvuzelas, o Mano saindo, aumentam as chances do Hexa. Será ?

Logo, torcem contra, na esperança de um futebol mais vistoso em 2014 com uma eventual queda do treinador. Mal sabem que o buraco é bem mais embaixo. É preciso repensar muita coisa, que sequer é assunto deste post, mas pode ser nos próximos.

Outro fator interessante é que o Inferno de uns pode ser o Céu de outros. Se der México, pergunte para um corneteiro aonde ele se sente. É por essas e outras que este jogo tem tudo para ser imperdível. O resultado que o time conseguiu, pode ser o oposto do que muitos torcedores queriam.

As Olimpíadas estão chegando em seu final e, por incrível que pareça, o scratch de Mano Menezes pode sair de Londres como o maior destaque brasileiro na competição. Faltam poucas horas para sabermos se Mano e seus comandados estarão do lado de Deus ou do Diabo. Céu ou Inferno ? De que lado a Seleção irá repousar ao Final do Futebol Olímpico ?

Até mais !

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s