Post Rápido: A voz do Domingo

Ele já cantou clássicos da Marquês de Sapucaí, algumas raras vezes também no Anhembi e pelo Brasil afora quando finda o Carnaval. Conduziu a voz do clássico samba-enredo do desfile “Ratos e Urubus….Larguem Minha Fantasia” de Joãosinho Trinta em 1989 (que não levou o caneco, mas merecia) e fez o pessoal da batucada cair no romantismo com sua carreira solo. Mas o mundo da bola gosta mesmo é de outro hit desse cara talentosíssimo.

Domiiiiiingo….eu vou ao Maracanã….vou torcer pro time que sou fã. Ou pro Morumbi, pro Pacaembu, pro Mineirão. Não importa pra onde. O que importa é que a musiquinha do Domingo, provavelmente a canção de estádio mais famosa do país, hoje está mais festiva.

Afinal, o homem que deu voz ao “Domingo” e a transformou em hit dos estádios, está completando mais um ano de vida.

Sim, ele, a voz de Nilópolis, Neguinho da Beija-Flor, completa hoje mais um aniversário, dentre tantos, cheios de consagração, nos palcos ou nos sambódromos Brasil afora. Entre um ensaio técnico da Beija-Flor de Nilópolis ou uma turnê de um novo disco, Neguinho esbanja simpatia a cada lugar que passa.

Neguinho, apaixonado por Futebol, foge a regra e possui três times do coração: o Flamengo, que adotou e carregou no peito carioca, o Santos devido a brilhante Era Pelé, e o não menos ilustre Nova Iguaçu, time de sua cidade.

Porém, Neguinho compôs “Domingo” (também chamada de “O Campeão”)  não pensando em um de seus três times do coração. Mas sim, em agitar o torcedor brasileiro, mais precisamente o carioca.

O que Neguinho não esperava é que a música ganhasse proporções gigantescas. Cantada de Norte a Sul, deixou de ser algo exclusivamente para o Rio de Janeiro. Todo domingo, “alguém vai a algum estádio torcer pro time que é fã ou do coração” e também vai “levar foguetes e bandeiras”.

Neguinho da Beija-Flor: show de simpatia nas avenidas, nos palcos e nos estádios.

Neguinho da Beija-Flor: show de simpatia nas avenidas, nos palcos e nos estádios.

Pra nossa alegria (risos), Neguinho da Beija-Flor venceu um câncer, que nos privou do máximo de sua voz em 2009 e está novamente conduzindo o campeoníssimo carro de som do G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis. E segue, ano após ano, fazendo o pessoal feliz, principalmente em cada Fevereiro. E, é claro, a cada domingo a tarde, quando sua obra é lembrada.

Neste dia, celebramos Neguinho da Beija-Flor. Com os falecimentos de Jamelão, Aroldo Melodia e Carlinhos de Pilares alguns anos atrás, sem dúvidas, sobra como a maior voz viva das escolas de sambas do país e recordista de longevidade em uma só escola (está desde 1976 na Beija-Flor de Nilópolis), seguido por de Ernesto Teixeira, intérprete da Gaviões da Fiel em São Paulo, que, por sua vez, está há 27 anos ininterruptos na agremiação corinthiana (que por sinal, também adora cantar o famoso “Domingo”).

Irônicamente, justo na semana do aniversário de Neguinho da Beija-Flor, ninguém vai a lugar nenhum ao domingo: em virtude de interesses televisivos da Final da EuroCopa entre Espanha x Itália, a rodada inteira do Brasileirão (exceto Corinthians x Botafogo, adiado devido a presença corinthiana na Final da Libertadores, acontecerá mais pra frente) acontece no SÁBADO e não no tradicional Domingão, de Fantástico, de macarronada e é claro, do hit da voz da Beija-Flor.

Valia uma adaptação, vocês não acham ?

Feliz Aniversário, Neguinho ! O Futebol e o Samba agradecem por mais um ano de talento.

Até mais !

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s