Rocket To Russia – Ora, mas que surpresa agradável !

Amigos, e a EuroCopa 2012 começou nesta sexta-feira. Em sua primeira partida, com nuances de nervosismo e momentos de redenção, Polônia e Grécia empataram em 1×1 num bom jogo, abrindo o Grupo A da competição. Mas não é sobre este jogo que quero comentar neste post.

Esta semana, nos pitacos sobre a gloriosa EuroCopa 2012, afirmei que a Rússia não era mais a mesma, e que provavelmente não veríamos nada muito diferente do estilão do Futebol do Leste Europeu, a chamada “Cortina de Ferro”, completamente focado em disciplina tática, marcação cerrada, até certo ponto, truculenta quando estão sem a bola e nada muito diferente do que um scratch de operários dependendo de um homem apenas.

Vamos e convenhamos. Um estilo de jogo mais pesado, e dependente de um único craque, um goleiro excepcional e nove operários são as primeiras impressões que aparecem quando pinta uma Rússia, uma República Tcheca, uma Polônia, uma Ucrânia, uma Macedônia, uma Sérvia, um Montenegro, uma Croácia, uma Eslováquia, uma Eslovênia, uma Romênia, uma Bulgária, e como era na época da União Soviética e da Tchecoslováquia.

Basta lembrar da Romênia de Gheorge Hagi. Da União Soviética de Rinat Dasaev. Da Bulgária de Hristo Stoichkov. Da Tchecoslováquia de Thomaz Skuhravý. Da Croácia de Davor Suker. As características clássicas destas seleções nunca mudam.  A exceção era sempre a Iugoslávia, que, diferente de todos os países citados acima, possuía um estilo mais solto (leia mais abaixo). Mas ontem não foi assim.

Cara, quanta diferença ! A Rússia, com um futebol alegre, solto e completamente munido de técnicas individuais (no plural – vários atletas), fez o que a Seleção Brasileira é que ficou famosa em fazer durante décadas e não o faz durante anos: ofensivo, sem medo de errar. Se levar um gol, faria dois.

E sem maiores cerimônias, enfiou uma bifa na República Tcheca por 4×1, surpreendendo este que vos escreve. Parece até que mandaram um foguete pros caras com a fórmula mágica do Futebol-Arte daqui de terras tupiniquins. Um Rocket To Russia muito bem mandado.

O tal esquema de aproximação quando os russos estavam sem a bola, comum durante anos, não aconteceu. Aliás, nem foi preciso, porque, com criatividade e vontade de mostrar o que era capaz, a Rússia quase não deixou os tchecos jogarem.

Num trio envolvente na frente, formado por Dzagoev, Kerzhakov e o astro Arshavin, a Rússia teve momentos que lembraram, por vários minutos o estilo de jogo da Iugoslávia dos anos 90, chamada por muitos de “Seleção Brasileira da Europa”, pelo seu estilo extremamente técnico e ofensivo, também presente não só na Seleção, mas também em seus clubes, como o Estrela Vermelha, Campeão Intercontinental em 1991.

Seleção Russa: futebol alegre que lembrou a Iugoslávia das antigas.

Seleção Russa: futebol alegre que lembrou a Iugoslávia das antigas.

É verdade, Tchecoslováquia, Polônia e União Soviética já possuíram times talentosíssimos nos anos 60 e 70, com participações clássicas em Copas do Mundo, Olimpíadas, EuroCopa e categorias inferiores,  mas mesmo quando aparecia um ou outro esquadrão mais bacana com a bola nos pés, as seleções não abdicavam da tal marcação e as características do Leste Europeu de se jogar.

É verdade, também que na Euro de 2008, vencida pela Espanha, a Rússia começou a esboçar um futebol mais aberto em comparação a demais décadas, mas longe, muito longe da qualidade e ofensividade apresentadas nesta tarde fria de sexta em gramados ucranianos.

E estamos vendo o Futebol do Leste Europeu renascer de uma forma brilhante. Além da Polônia, que teve uma atuação bem acima do esperado contra os gregos, mais o espetáculo soviético (sim, soviético, mesmo não sendo mais URSS, chamo por este nome em referência aos grandes ataques bélicos deste país em guerras), que nos surpreende.

Viva ! Mil vivas a uma nova Rússia que abdicou de um estilo meio bundão e burocrático e agora chega fortíssima com seu novo padrão de Futebol-Espetáculo. O “Rocket to Russia” de outrora, está de volta aos gramados europeus.

Até mais !

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s