Post Rápido: Saravá pra quem é de Saravá !

Amigos do Blog EU, RADAMÉS Y PELÉ, é o seguinte. Apesar da eliminação surpreendente do Paulistão 2012 para a Ponte Preta no domingo por 3×2 no Pacaembu, hoje é dia de festa para a torcida corinthiana.

Não, não se trata de aniversário, comemoração de título ou derivados. Mas sim, hoje, 23 de Abril, é o Dia de São Jorge, Padroeiro do Sport Club Corinthians Paulista.

São Jorge, na Capela da Fazendinha. Ir até ao oratório e a biquinha abençoada é obrigação para qualquer corinthiano devoto do Santo Guerreiro e apaixonado pelo clube.

São Jorge, na Capela da Fazendinha. Ir até ao oratório e a biquinha abençoada é obrigação para qualquer corinthiano devoto do Santo Guerreiro e apaixonado pelo clube.

O básico de São Jorge, a maioria já sabe. Que era um Santo Guerreiro, viveu na Capadócia, líder dos Templários que protegia os cristãos seguidores de Jesus Cristo contra a opressão, que entre os Orixás, é associado a Ogum e associado a Oxossi na Bahia e por aí vai.  Mas o que alguns não sabem é que São Jorge também possui uma história curiosa no alvinegro de Parque São Jorge.

Assim como a maioria dos canecos corinthianos, seu reconhecimento na Igreja Católica também não foi liso. No Séc XX, o Papa Paulo VI tirou São Jorge do Calendário Litúrgico, ou seja, não o reconhecendo São Jorge como Santo, apesar da altíssima devoção, tanto entre os ingleses, como entre os corinthianos. pois não havia comprovação de sua existência.

Para o Cardeal e corinthianíssimo Dom Paulo Evaristo Arns, aquilo soava como um absurdo, uma heresia. E, não é que o pontífice alvinegro tratou de enviar um bilhetinho a Vossa Santidade para que reconhecesse o Padroeiro ? Eis o texto escrito no bilhete:

“Santo Padre, nosso povo não está entendendo direito a questão. São Jorge é muito popular no Brasil. Sobretudo ante a imensa torcida do Corinthians, o clube de futebol mais popular de São Paulo”.

E a resposta do Papa foi imediata e precisa:

Não podemos prejudicar nem a Inglaterra e nem o Corinthians”

E, aos 48 do segundo tempo, São Jorge era reconhecido como Santo Padroeiro pela Igreja Católica. O Corinthians, sem saber, marcava um golaço nos campos celestiais.  Hoje, São Jorge é cultuado por diversas localidades e torcidas.

Portanto, o Blog EU, RADAMÉS Y PELÉ celebra o Dia de São Jorge com uma das obras mais bacanas, de Zeca Pagodinho e Jorge Ben Jor sobre o Santo Guerreiro, aliás bastante cantada e cultuada pela Fiel.

Torcida, que aliás, ganhará uma gigantesca estátua do Santo Guerreiro de trinta metros na Arena Corinthians, quase a altura do Cristo Redentor. Homenagem, por sinal, mais que merecida.

Saravá !

Até mais !

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s