É Domingão !

Esqueça o Fausto Silva. O dono do Domingão hoje é dele, Futebol, que fez bonito no Eixo Rio-São Paulo, e ficou marcado por grandes clássicos e jogos no interior onde as maiores torcidas de cada estado provaram e comprovaram o porque tem as duas camisas mais pesadas do país.

São Paulo x Santos, Lucas x Neymar. Os ícones desta geração comandaram o San-São de hoje.

São Paulo x Santos, Lucas x Neymar. Os ícones desta geração comandaram o San-São de hoje.

No Morumbi, com cara de Finalíssima e público bacana, deu São Paulo, pra cima do Santos de Neymar. 3×2. Vitória, diga-se de passagem, maiúscula do time de Leão, e até certo ponto contestada pelos santistas, (embora este que vos escreve discorde de qualquer erro de arbitragem nas duas partidas do Paulistão abordadas no post) e que vale ser comentada.

Capitaneado por Luís Fabiano e Lucas, o São Paulo abriu o placar e cedeu o empate ao Santos. Passou a frente e cedeu novo empate. Clássico igual ? Não. O São Paulo, no finzinho passa a frente de novo e vence o clássico contra o Santos. Sua primeira vitória em Clássicos em 2012. Havia empatado com o Palmeiras e perdido para o Corinthians. Clássico, que por sinal lembrou os velhos Paulistões, dos anos 80 e 90, com belos públicos e sem babas do Interior atrapalhando os grandes jogos.

Resta saber se o São Paulo finalmente engrena para tentar vencer um Paulistão, que não vence desde 2005, ou novamente irá sucumbir no Mata-Mata. O Santos, por sua vez, tenta o Tricampeonato.

No Rio de Janeiro, a emoção foi um pouco mais tarde, mas veio. Botafogo x Vasco da Gama jogaram pela Taça Rio, e foi noite de Fellype Gabriel. O atleta botafoguense incorporou Heleno de Freitas (assunto que, por sinal, abordaremos em breve nas próximas semanas) e fez três gols contra a coletividade cruzmaltina, que descontou, mas perdeu um pênalti com Juninho Pernambucano, Jefferson defendeu, sem muita dificuldade.

No placar, 3×1 para a equipe de General Severiano. E um pouco mais de tranquilidade para a equipe de Oswaldinho.  O jogo não foi tão disputado como o clássico paulista, mas demonstrou que Oswaldo de Oliveira, enfim, começa a acertar o scratch botafoguense, que,  com todo o respeito ao futebol paraibano, mas vamos e convenhamos, não deve ter lá muito trabalho para despachar o Treze da Paraíba no jogo de volta pela Copa do Brasil. Na partida de lá, 1×1.

Em São Januário, a coisa já está um pouquinho mais complicada: a ordem é juntar os cacos para a próxima rodada da Taça Libertadores da América, que recomeça na quarta-feira pros clubes brasileiros (entre eles, o Vascão) e tem seqüência nas próximas semanas. O problema é que o Vasco tem adversários complicados em seu Grupo, como o Campeoníssimo Nacional do Uruguai e apenas mais um jogo em São Januário.

Mas, apesar dos clássicos, o que mais chamou a atenção neste Domingaço foi o peso das camisas de Flamengo e Corinthians. Vá lá que Friburguense e Comercial de Ribeirão Preto não são lá muito parâmetro, o Cláudio Moacyr e o Palma Travassos não são nenhuma Bombonera e ainda mais comparando com os reservas de Mengão e Timão.

Mas, meu amigo: camisa é camisa ! E até porque, a parte apaixonante do Futebol – a torcida (que é o que move este esporte) está cagando para lógicas e teorias mais técnicas.

No Rio de Janeiro, atuando na simpática cidade de Macaé, no Moacyrzão, o Flamengo suou, penou, perdeu Pênalti com o Bottinelli (confesso que ainda não vi), mas quando fez sua camisa rubro-negra pesar, pronto: acabava ali o sonho do Friburguense em trazer um pontinho para melhorar a sua campanha na Taça Rio. O Gol foi do Pentacampeão Kléberson, garantindo uma vitória do Flamengo, que segue vivo na competição.

O Flamengo, assim como o Vasco, o Santos e o Corinthians, (mais Flu e Internacional, que atuaram ontem) agora se prepara para a Liberta, em situação meio chata na tabela, que explicamos no post de sexta, sobre o Olímpia. Desça seu scroll e reveja o que o Mengão tem pela frente na competição =)

Mas, neste domingo, não teve chabú.  Como diria a Rádio Globo do RJ: Tem que respeitar, Friburguense. Mengão na cabeça, 1×0.

E em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, com exceção do resultado que foi um empate e não uma vitória, a coisa não foi diferente. E não é que o já morto, enterrado e velado Reservão do Corinthians, de Tite foi buscar em 4 minutos, reverter uma derrota de 3×1, para um heróico 3×3 ?  E só não virou para 3×4 porque acabou o jogo. Gols dos craques ? Nada disso. Só o primeiro, feito por Emerson Sheik, de Pênalti (claro, diga-se de passagem). Nos outros dois, gols dos criticadíssimos Ramón e Gilsinho.

Coisas de Corinthians, que mostra porque, ao lado do Flamengo, tem a camisa mais pesada e tradicional do país, tanto pro bem como pro mal. O fácil vira difícil e o impossível vira bico. Tente explicar tal razão, que ocorre feito similar com o Flamengo ? Não dá. Eles vão contra os números, táticas e previsões.

Flamengo e Corinthians empatam em 2x2 em amistoso no começo de 2012. A camisa deles pesou de novo contra os pequenos.

Flamengo e Corinthians empatam em 2x2 em amistoso no começo de 2012. A camisa deles pesou de novo contra os pequenos.

Pela matemática, não venceu, mas pelo coração convenceu. Até porque, pra uma torcida que já fez caber 70.000 num espaço de 45.000 e vê um gol em 5 segundos numa jogada que demoraria 30,  a matemática não importa.

No meio da semana, o Corinthians enfrenta o chato Cruz Azul no Pacaembu, pela Libertadores da América, e no domingo, o Derby contra o Palmeiras, que agora é Líder, também no Pacaembu. Liderança, posição, que no Paulistão, sinceramente pros quatro grandes, é mais perfumaria e gozação nas ruas, porque as Finais não tem mais vantagem do empate como foi durante décadas, então a coisa equilibra. Um jogo só, pegada Copa do Mundo. Empatou, pênaltis.  O Corinthians ocupa a terceira colocação, após esta rodada.

Viu os gols, jogadas e lances polêmicos do Domingaço ? Seu time ganhou ? Perdeu ? Empatou ? Jogou sábado ? Não importa. O que importa é que Domingaços com grandes clássicos e os gigantes, mesmo com reservas, mostrem porque são gigantes.

Certamente amenizarão o clima de fim de domingo causado pela musiquinha do Fantástico.

Até mais ! Bom começo de semana !

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s