Copa do Mundo 2014 – O que muda ?

Em primeiro lugar, peço perdão ao meu não-retorno prometido ontem a noite após o Fla-Flu. Fui vitimado por uma maldita dor de ouvido somada a alergia, as quais já me livrei nesta segunda feira e estou de volta escrevendo pra vocês.

Em segundo, resolvi botar em pauta um assunto que todo mundo discute em qualquer botequim, estádio ou ponto de ônibus. A Copa do Mundo 2014 vem aí. Ok, nenhuma novidade. Mas a(s) pergunta(s) que fica(m): “e eu com isso ? O que muda pra mim, torcedor ?” Como sou fascinado por este assunto Copa, e ainda mais porque meu clube está construindo uma Mega-Arena, resolvi me aprofundar no assunto e repassar o que sei aqui.

Portanto, resolvi fazer um pequeno “Dossiê”, que se tiver sucesso, ganhará Partes II, III, IV, V, e assim por diante, sempre que pintar algo interessante.

O texto é enorme, mas vale muito a pena ler.

É óbvio que as mudanças relatadas aqui não serão 100% isso. Ninguém pode prever, na prática o que irá acontecer. Mas acredito que 90% do relatado aqui será realmente a nova realidade do Futebol Brasileiro. É bom lembrar que a Copa do Mundo trará mudanças tão bruscas, que até cidades e estádios que não participarão da mesma, entrarão na metamorfose. E ela seguirá assim depois que a Copa do Mundo acabar. Não servirá apenas para quatro, cinco, seis ou sete jogos.

Ou seja, se seu clube ou sua cidade não possui estádio no torneio, também entra na dança. A mudança serve para você também. Sua cidade e seu clube vão precisar se adequar.

A Maquete Virtual do Maracanã, em 2014

A Maquete Virtual do Maracanã, em 2014

ESTÁDIOS

Para muitos, espaço de lazer, para outros, antro de violência, para alguns, templos ou seitas sagradas. O fato é que, os estádios, apesar de queridos e históricos, não possuem estrutura alguma para o povo. Ir ao banheiro durante o jogo, nem pensar. Comida ? Cara e de péssima qualidade. Estacionamento ? É melhor ir a pé.

Se o pau quebra, normalmente é PM X T.O.  (Torcida Organizada) e todo mundo se fode. Não importa quem está certo ou quem está errado. O time foi eliminado de forma patética ? Se é estádio particular, arrebenta a sede social. Se é alugado, estoura banheiro.

Nas novas arenas, esqueça tudo isso.

Gosta de ficar em pé o jogo todo, pulando, dançando e grudar em alambrado? Vá se despedindo. Nos novos estádios, os alambrados serão extintos, substituídos por fossos com “armadilhas” e vidros inquebráveis com metal perfurável pro engraçadinho que tentar pular. A La Bombonera e Wembley já contam com tal tecnologia. Se alguém tenta invadir o campo, a unha de gato do fosso trata de acabar com o tórax e as pernas do vândalo, muitas vezes deixando o torcedor paraplégico, por tamanha força que o sistema de segurança possui.

Ficar em pé, bandeirões, papel picado, faixas ? Só no pior lugar do estádio, restrito a uns 5.000 a 10.000 lugares, dos 70.000, 80.000. O resto, tudo cadeira cativa, 90% do estádio. Ficou em pé nelas ? Vem Leão de Chácara te tirar do estádio.

Exatamente. Outra coisa que você provavelmente pode se despedir nos estádios é Polícia Militar. O Corinthians, por exemplo, já prepara treinamento para Segurança Especializada (esses de boate, com aquele bastonete que paralisa o engraçadinho) a base de choque, laser e demais tecnologias pra quem não seguir as normas de conduta das Arenas. É bem capaz que os outros estádios também entrem na onda. PM em estádio é coisa do passado.

“Olha filho, vamos visitar Cidade X. Quer ir num jogo do time Y ? Ele vai jogar na Arena nova quando estivermos lá”

Esta, sem dúvidas, passará a ser uma frase bastante frequente de se ouvir e raríssima de se executar. Será praticamente impossível comprar ingressos se você não possuir assiduidade ou não tiver em um Pacote Turístico de Hotel especializado nisso. O sistema de Carnês pra Temporada inteira substituirá quem compra hoje, de 2 a 4 jogos por mês.

Nas novas Arenas, você comprará os 35 jogos do ano (média de partidas que um clube faz em seus domínios por ano) logo em Janeiro. Ou seja: seu clube vai jogar na Arena dia 5 de Dezembro de 2015 ? No dia 10 de Janeiro de 2015, os ingressos deste jogo já estarão 80% esgotados. Tire uns 5% pra Pacotes Turísticos e uns 15% pro Visitante. Sobra apenas raros desistentes da partida, que botam a venda seus ingressos. Sacou a problemática pra comprar no dia ?

Estilo NBA ou NFL misturado com UCL. A temporada toda esgota na primeira semana do ano.

“Ah, mas eu compro de cambista”.
Meu amigo. Cambistas não existirão, por uma razão simples, que eu explico agora.

Imagine o maior e mais chique Shopping Center de sua cidade. Aquele que você paga (caro) pra estacionar, e se bobear, também pra entrar. Agora, aumente ele cinco vezes de tamanho e coloque o estádio no meio dele. Agora, imagine ele inteiro forrado de grade e uma entrada principal com bilheteria. Só entra nele passando um cartão (obviamente comprado) ou pagando ingresso. Pronto. É isso que vai acontecer com as novas Arenas.

O jogo é as 16 h ? Você não vai mais pro estádio as 15h, entra as 15:30, vai embora as 18:30. O estádio agora fica num Complexo. Que você PAGA para entrar neste complexo. PAGA para estacionar neste Complexo, PAGA pra reservar mesa em qualquer restaurante da Praça de Alimentação deste Complexo, e claro PAGA o seu ingresso.

Não é mais um Estádio de Futebol. É um Espaço de Entretenimento, no qual você está gastando das 9h da manhã as 23h da noite. Você passa o dia lá. Vai em Cinema, em Restaurante, em Shopping Center, em Parque Temático, em Bar Lounge, em Teatro, em Memorial, Supermercado, Área para Churrasco, se hospedar no Hotel ao lado do estádio, etc.

Obviamente, tudo pago, com segurança máxima. Sistema americano, não europeu. Entendeu porque cambistas e camelôs não darão as caras por ali ?

Aaaah, você quer só ir ao jogo ? Ir ao jogo é apenas mais uma das atrações do Complexo das grandes Arenas. Enquanto você vai ao jogo, o clube continua fazendo dinheiro em N outros espaços.

Ou seja, se você vai a Curitiba em Março de 2016 e quer ver o Atlético Paranaense, por exemplo, sugiro que corra atrás do ingresso já em 2014. Isso mesmo. Mais de 14 a 16 meses de antecedência. Não é exagero.

Na Arena Corinthians, 51 espaços de lojas e Praça de Alimentação já estão sendo negociados. Tendência é aumentar.

Na Arena Corinthians, 51 espaços de lojas e Praça de Alimentação já estão sendo negociados. Tendência é aumentar.

Os preços ? Desculpe estragar o seu mundinho cor-de-rosa, mas provavelmente vão subir. Mas calma, não são todos. Na Arena Corinthians, por exemplo, haverão mais de cem setores. Ou seja, mais de cem preços diferentes. Variando de 15 a 50.000, mais ou menos.

Porém, há o outro lado. Até ser fechado em 2010, no Maracanã, por exemplo, você pagava XXX e recebia tratamento de X. No Novo Maracanã, você, é verdade, em 80% dos lugares, vai pagar XXXXX. Mas receberá XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX de tratamento. Resumindo: compensa.

É como pagar uma Numerada Coberta do Pacaembu pra ter tratamento de Espaço Lounge da Daslu, trepar no Astúrias, beber Moët Chandon, teus filhos terem 16h de PlayStation 3 com 4 controles e TV 50 polegadas e depois ver o Cirque Du Soleil. É mais ou menos isso. Não é pagar a Numerada Coberta do Pacaembu e receber Cartão VIP pra diminuir fila das Casas Bahia. O tratamento é outro (risos).

(desculpe por usar o exemplo da Arena Corinthians quase toda hora, mas é o sistema no qual estou acompanhando diariamente, até por ser do estado de SP, ter notícias diretas e torcedor do dono do estádio. Mas o que eu cito da Arena Corinthians, pode colocar pra qualquer outra Arena porque modernidade e tentativa capitalista de ganhar dinheiro, é igual no Brasil, na Índia, na Etiópia ou nos EUA, rs).

Sou de Torcida Organizada. O que muda pra mim ?

Provavelmente, muito. Não vão mexer na tua ideologia, nas tuas camisas, no teu estilo de cantar, no teu “mar seja lá a cor que for”, na tua Família, Pelotão, Guarda, nada disso. Mas vai precisar se adequar ao clube (e não o clube se adequar a vocês, como acontece hoje) e seguir “regrinhas” a qual o brasileiro (não apenas T.O.) não está lá muito acostumado a seguir.

Por exemplo: Você não conseguiu ingresso no setor de T.O. sem cadeiras e só conseguiu cadeira 26-B mas quer pular, dançar, correr ? Nananinanão. Tua cadeira é a 26-B. A 26-A e 26-C, a 25-B, a 27-B são de outras pessoas. Se não vendeu, não significa que ela automaticamente é sua, como fazem atualmente. Ela é do clube/Prefeitura/Estado. Ou seja, você não pode ficar de pé ali, abrir bandeira, faixa ou conduta inadequada. Fumaça ? Nem pensar. Comporte-se. Seu clube mudou pra melhor. Colabore com ele.

Aliás, é bastante provável que seus materiais, como bandeiras, instrumentos, faixas e adereços permitidos a entrada não fiquem mais com vocês, e sim com a Segurança do Clube. Em compensação, é possível que vocês ganhem uma espécie de Hall para se concentrar e guardar tais coisas DENTRO DO ESTÁDIO. As bandeiras não voltam para as sedes. Ficam no Estádio. A Segurança toma. Resumindo: segurança pra todo mundo. Vale a pena.

Este sistema já acontece em alguns estádios europeus. O Sporting Lisboa, por exemplo, tem esse sistema no Alvalade e deu super certo com os Ultras Europeus.

O Hall para os Ultras (Torcidas Organizadas européias) no Estádio Alvalade, do Sporting Lisboa. Os torcedores entram, pegam seus materiais, assistem o jogo e devolvem. Não é possível entrar ou sair com eles.

O Hall para os Ultras (Torcidas Organizadas européias) no Estádio Alvalade, do Sporting Lisboa. Os torcedores entram no Hall, pegam seus materiais, assistem o jogo e devolvem. Não é possível entrar ou sair do Estádio com eles.

A Festa da Torcida. Muda ?

Muda. E pra muito melhor, por mais que o Futebol Moderno nos faça acreditar que não. Em primeiro lugar, as Torcidas serão orientadas com materiais (revistas e folhetos) do clube de como apoiar, o que pode atrapalhar, o que cantar, quando cantar.

Não haverá mais a tradicional “feira” que cada um canta uma coisa, pois o espaço a eles será mínimo. 90% do estádio cantará uníssono a favor do clube.

Porém, a geografia do estádio, eu acredito que fará com que as festas mudem de ótica. Sai o Bandeirão, entra o Mosaico, por exemplo. Sai a avalanche e entra um mar de cachecóis colorindo o mesmo.  A presença de cadeiras em 90% do estádio vai impossibilitar uma série de costumes das torcidas atuais. Como fazer um porópopó, por exemplo, se o espaço pra T.O. é minúsculo e o resto é cadeira de braço, estilo cinema ?

Como abrir bandeirão com mais de 100 setores no Estádio ? É abrir e o pessoal da Segurança tomar. Ou, na pior das hipóteses: rasgar o material nas grades pontiagudas dos muitos setores que irão separar a galera. Ou seja, não compensa. É mais jogo repensar a festa do que ter que arrumar material toda semana.

Além do eco, é claro. Os estádios atuais, por mais que não pareça, são feitos em padrões europeus, alguns são “cavados”, outros fechadões. O que favorece bastante o eco, pois o som não “vaza”. A proximidade do gramado vai ajudar também. No Pacaembu, hoje, da arquibancada para o gol, são cerca de 35 metros. Na Arena Corinthians, será de apenas 7. Norma da FIFA.

Sou de Classe mais Humilde.
Vou ficar de fora dos jogos do meu time nas Arenas ?

Não, não vai. Graças a Deus, a economia brasileira nos últimos 16 anos vem dado uma crescida meio violenta nas classes mais humildes. Quem era miserável em 1990, hoje já possui uma casinha bacana, em bairro melhor com luxos, antes restritos as Classes mais nobres.

E quem era classe média, hoje já começa a entrar na casa dos emergentes, novos-ricos.

A coisa está longe de se resolver por completo, óbvio. Mas melhoramos de forma absurda no que tange a Classe Social e a Economia do povão. O preço das coisas na Arena, como citado acima, vai subir um pouco. Mas nada que impeça o povão de estar presente na esmagadora maioria dos jogos, até porque, mesmo que tenha diminuído o ritmo, a economia desse pessoal vem melhorando também.

É como andar de avião ou ir ao cinema, pras classes C/D/E. Em 1980, era impensável. Nem Classe B voava ou assistia um cinema direito. Hoje, andar de avião ou ir ao cinema, é coisa pra todo mundo. Tem preço, sessão e sala pra tudo e todos. É o que vai acontecer nas novas Arenas. Preços, Setores e Carnês pra todos os gostos.

E outra: até 2014, 2016, 2018, tem muita água pra rolar. Ninguém vai ficar de fora da festa.

Aguardamos ansiosamente a chegada desta nova era das Arenas. O Futebol vai mudar 150% aqui.

NOTA DO BLOG: É possível que, muito do que foi dito aqui, não se aplique na Copa do Mundo de 2014, por ser um evento FIFA, e não dos clubes. Tudo está muito incerto de quem vai poder comprar ingresso, se vai precisar ser sorteado pra poder comprar, quanto vai custar, aonde vai poder ficar e com o que vai poder entrar, etc. Mas, nos jogos dos clubes, é bem isso aí mesmo.

Até mais.

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Copa do Mundo 2014 – O que muda ?

  1. Calinka disse:

    Resumindo: a burocratização e a elitização do futebol.
    E pra mim, burocratização e elitização poderão tornar uma manifestação que era pra ser tão espontânea, cheia de alma, de sentimento, em algo chato.
    Padronizar as torcidas, ditar lugares e costumes, o que cantar, o que sentir, o que pensar.
    Distanciar torcedores do time, excluir aqueles que não se adaptam ao show do futebol moderno e burocrático, enfim, uma geração de torcedores frios, alienados, e chatos. Bonequinhos da diretoria e do mercado futebolistico.
    Acho que ja caminhamos pra issoe rezo pra que esteja errado, pra não atingirmos esse ponto de vez.

    Muito legal a matéria.

  2. Marcondes disse:

    mais uma viajem de butti

  3. Léo Momezzo disse:

    Legal… Eu acho que o melhor que vai acontecer é o fim dos cambistas e flanelinhas que ficam perto do estádio. Vai ser como a gente ir a um teatro e curtir um espetáculo.

    Só espero que não abusem no preço dos ingressos + estacionamento + alimentação.

    Valeu.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s