Post Rápido: O Rei do Reggae queria ser o Rei do Futebol

Bob Marley com a camisa do Santos, do Rei Pelé

Se estivesse vivo, Bob Marley, o eterno Rei do Reggae estaria fazendo aniversário hoje.

Aliás, essa história de Reis casou direitinho com o Santos Futebol Clube. Além de Rei Pelé, o Rei do Reggae também cismou de ser torcedor do alvinegro praiano.

Bob Marley queria ser Pelé. E talvez, Pelé quisesse ser Bob Marley, afinal, além do Santos e da cor da pele em comum,  sempre lutaram pela liberdade em países em regime de opressão, tiveram grande aceitação em países africanos e até arriscaram algo na habilidade do outro. Bob, com a bola, Pelé com o violão.

O encontro no Brasil para bater uma bola aconteceu em 1980, pouco antes da morte de Bob (que morrera um ano depois, em 1981), curiosamente com outro cantor bastante ligado ao Futebol: o tricolor Chico Buarque (história que contaremos futuramente no Blog em um outro post).

Outra ligação de Bob Marley com o Futebol é que, do contrário que muitos dizem atribuindo a morte de Bob ao alto consumo de maconha, na verdade a morte do mesmo está levemente ligada ao Futebol. Uma infecção no dedão do pé em 1977, onde muitos fãs do Rei do Reggae juram até hoje ter sido possívelmente causada pelo futebol descalço que Bob praticava frequentemente nos sujos terrões da Jamaica. Um melanoma maligno era detectado e a amputação seria necessária.

Pelas doutrinas de sua religião Rasta, e para que não prejudicasse sua dança, Bob não amputou o dedão e parte de seu pé, vitimada pelo melanoma. O melanoma  maligno evoluiu e resultou num câncer que matara o astro quatro anos depois.

A verdadeira razão do surgimento do melanoma que se transformou no tal câncer de pele jamais será descoberta, mas é notório que o Futebol está presente até na lenda da causa da morte de Bob Marley.

Mistérios e histórias que pobres mortais jamais saberão. Coisas de Rei.

A música perdia sim, um nome insubstituível.
Mas o Santos ganhava mais uma estrela em seu panteão de reis.

 

NOTA DO BLOG I – Uma imagem de Bob Marley usando a camisa do Palmeiras circula nas Redes Sociais. A veracidade da Foto é questionável, pois é uma camisa com as listras Adidas, fornecedor esportivo que o Palmeiras só usara no meio dos anos 80, quase nos 90, quando Bob Marley já havia falecido, além de uma gola, digamos estranha (bem maior que as habituais esportivas). E também porque a foto original mostra Bob Marley, Mick Jagger e Peter Tosh, onde o escudo redondo, no lugar do símbolo alviverde, na verdade é um botton promocional de uma turnê. 

NOTA DO BLOG II – Mesmo 3 décadas após a morte de Bob, a ligação da Família Marley com o Futebol Paulista não parou. Em 2011, o filho de Bob Marley, Damiam Marley, gravou um videoclip na quadra da torcida corinthiana Gaviões da Fiel. 

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Post Rápido: O Rei do Reggae queria ser o Rei do Futebol

  1. Santos disse:

    Post rápido e simplesmente espetacular, Bob realmente torcia para o Santos e a foto dele com a camisa do Palmeiras realmente é fake, é claro que o rei do reggae só poderia ser torcedor do time do rei do futebol.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s