Rádio Pirata

Reconheceu ? Não é difícil. Eis o clássico do Rock Nacional dos Anos 80, “Rádio Pirata”, do RPM. Ao lado de Luiz Schiavon (teclados), Paulo Pagni (bateria) e Fernando Deluqui (guitarra), e comandado pelo também tricolor Paulo Ricardo (baixo e voz), a faixa que dá nome ao LP mais famoso da banda que dava momentos de Beatlemania entre as meninas brasileiras, virou canção da torcida do Fluminense.

O tricolor Paulo Ricardo, do RPM

O tricolor Paulo Ricardo, do RPM

Coincidentemente, ambos estouraram quase juntos. O Fluminense de Washington, Assis e Romerito era Campeão Brasileiro de 1984, e o RPM lançava o LP “Rádio Pirata Ao Vivo” em 1986. A química estava mais do que perfeita.

Recentemente, o Fluminense viveu bons e maus momentos, como fuga de Rebaixamento, derrotas dolorosas em Finais Sul-Americanas e mais um título do Brasileirão. E, justamente o RPM, que voltara a estourar  e fazer shows mais ou menos neste período, quem diria, virava trilha da torcida tricolor no Maracanã.

Fluminense Campeão Brasileiro 1984

Fluminense Campeão Brasileiro 1984

A letra, diferente de tanta coisa descartável na música nacional hoje em dia, é tão ou mais inteligente quanto a dupla Washington-Assis em 1984, vale ser lida, re-lida, ouvida e re-ouvida, assim como todos os clássicos do RPM, riquíssimos para o Rock Nacional como os títulos do Fluminense Football Club para o Futebol Brasileiro.

Confira a letra original de “Rádio Pirata” abaixo:

Abordar navios mercantes
Invadir, pilhar, tomar o que é nosso
Pirataria nas ondas do rádio
Havia alguma coisa errada com o rei.

Preparar a nossa invasão
E fazer justiça com as próprias mãos
Dinamitar um paiol de bobagens
E navegar o mar da tranquilidade.

Toquem o meu coração
Façam a revolução
Que está no ar
Nas ondas do rádio
No submundo repousa o repúdio
E deve despertar.

Disputar em cada frequência
O espaço nosso nessa decadência
Canções de guerra
Quem sabe canções do mar
Canções de amor ao que vai vingar.

Toquem o meu coração
Façam a revolução
Que está no ar
Nas ondas do rádio
No underground repousa o repúdio
E deve despertar!

Até amanhã!

Luís Butti
Twitter: @luisbutti

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s